A performance de PUBG no Xbox One ainda não é boa o suficiente

Publicado em 21/03/2018 às 11h15

Digital Foundry - A performance de PUBG no Xbox One ainda não é boa o suficiente

A equipe reconhece a falha, mas quais os seus planos?

Resultado de imagem para pubg xbox one

 

Passaram três meses desde que Playerunknown's Battlegrounds chegou ao Xbox One e Xbox One X. Lançado em formato de Acesso Antecipado, ficou desde logo aparente que a versão de console tinha sérios problemas: a apresentação deixava a desejar, as texturas sofriam graves problemas de streaming e o fps estava abaixo do aceitável, para sermos generosos. Três meses depois e chegaram melhorias, mas a performance, vital para PUBG, ainda deixava a desejar - algo com o qual os responsáveis concordam.

Na sua recente mensagem sobre as atualizações Xbox PUBG, a Bluehole admite abertamente que "Para sermos francos, simplesmente não estamos satisfeitos com a performance atual do jogo nos consoles. Especialmente nos momentos de ação intensa."

Passaram alguns meses desde que olhamos para PUBG no Xbox e já chegaram novas atualizações, por isso voltamos a avaliar o jogo com testes exaustivos - capturamos e analisamos mais de 90 minutos de jogo no Xbox One e Xbox One X, tentando criar a experiência o mais aproximada possível nos dois consoles. Ao invés de retirar alguns clips das capturas, analisámos tudo o que jogamos - a ideia é não passar ao lado de nada e ter uma ideia de como corre uma sessão de jogo.

Desde já é aparente que existem melhorias. As impressões em Dezembro foram de uma performance terrível no lobby e ao saltar do transporte. Ambos apresentam melhorias, ficas mais perto dos 30 fps por segundo, afetado apenas pelo característico e enorme soluço ao transitar do transporte. Os programadores adicionaram mais lobbies, mas tal como na área com o avião despenhado, o streaming de texturas é fraco. O rubber-banding, ou micro tele-transporte" já não é um problema - pelo menos durante estes testes. Antes, tarefas simples, como passar por uma porta, podiam ser desafiantes, mas as coisas melhoraram muito.

Novo olhar à performance de PUBG na Xbox One. Existem melhorias, mas ainda precisa de muitas mais.

Os fps’s continuam a sofrer: assim que saltas do avião, a queda é na mesma afetada por uma performance horrível; dependendo de quanto existe para gerar e quantos jogadores estão perto de ti, registramos 9fps como o mais baixo. Também existe a mesma latência no fps após aterrissar, PUBG demora mais a estabilizar nos 30fps - mas isto parece melhor do que no início. A conclusão? O início de PUBG melhorou parcialmente, mas ainda existe muito para melhorar.

Mas isto é apenas o início, decorre numa questão de minutos. A essência do jogo - procurar armas e equipamentos, permanecer dentro da zona segura e eliminar adversários que se aproximam - é muito mais importante. Aqui, existem longos períodos de gameplay que correm a 30fps, algo que vimos no teste anterior, mas isto geralmente envolve correr o mapa a pé sem que muito aconteça. De resto, as coisas não se aguentam tão bem, mesmo a mais básica das procuras por armas dentro de edifícios é afetada por espantosas quedas na performance.

O que nos espantou é uma situação estranha no Xbox One X. Sim, roda a 4K com uma grande melhoria nas funcionalidades visuais, mas não existem garantias de melhor performance sobre o Xbox One base. Vimos várias ocasiões de performance muito inferior no X dentro de edifícios, onde no consola base se aguenta melhor. O Xbox One X também tem outro problema que o modelo base não tem: existe um efeito de campo de profundidade nos menus, que baixa a performance em cerca de 3fps. Isto significa que navegas pelo inventário num fps inferior. O efeito não acontece no Xbox One normal e não faz sentido que aconteça no Xbox One X.

O efeito destacou-se mais ao perseguir uma caixa, assinalada por um rasto de fumo vermelho. Ao chegar perto da caixa, o frame afundou-se ao gerar o fumo, enquanto retirar os conteúdos da caixa parecia arrastar-se devido ao impacto adicional causado pelo campo de profundidade na GPU, que já geria as texturas alpha do fumo. Isto torna a navegação do menu um castigo - um aspecto que certamente despertará a atenção de muitos jogadores.

O mapa de atualizações Xbox PUBG oferece vários pontos importantes na lista de tarefas de equipe e nós isolamos os pontos mais relevantes na otimização de performance. Talvez não surpreenda que a maioria dos pontos estejam relacionados com a simplificação e melhoria de tarefas relacionadas com a GPU.

  • A performance no console não satisfaz e a equipe identificou áreas para melhorar o fps. Ao aplicar mudanças nos materiais dos edifícios e ao reduzir a composição da folhagem, PUBG deverá ter uma performance mais consistente.
  • Otimização dos personagens e dos seus movimentos para melhorar o fps.
  • Otimização do número de efeitos de partículas que são gerados por veículos ou granadas.
  • Otimização da complexidade da colisão de objetos.
  • Equilibrar o trabalho por todos os núcleos CPU para reduzir os soluços do streaming quando movimentar.
  • Assets de melhor qualidade e a velocidade com que carregam serão melhorados no futuro.

 

A BlueHole claramente executou extensivas análises à performance e existem correções, ajustes e melhorias a caminho. No entanto, temos de destacar a escala da tarefa: conseguir colocar a 30fps um jogo que frequentemente vai para meios 20s com margem para assegurar uma experiência consistente é uma tarefa incrível. O desafio é mesmo enorme - é relativamente fácil acumular gargalos em PUBG e ver quedas muito abaixo de 20fps, seja no Xbox One X ou no Xbox One.

PUBG ainda enfrenta a concorrência de Fortnite da Epic, onde o seu modo Battle Royale recebeu uma melhoria para 60fps. É verdade que os jogos são muito diferentes na sua estética visual, o jogo da Epic apresenta um nível de detalhe mais simples, mais fácil de gerir, que acreditamos ter sido construído para permitir que se adapte a diferentes configurações - primeiro no PC e consolas, agora no mobile. O foco inicial de PUBG foi o PC, onde a maioria tem poder CPU para ir muito além do que tens nas consolas.

 

Fonte: Eurogamer.pt

Tags: Battlegrounds, BlueHole, playergames, pubg, Xbox one, xbox X

Enviar comentário

voltar para Spoiler

bdt b02|left fwR bsd b01s uppercase|fwR show c05n bsd b01s uppercase left||||news login bdt b02|c05|b01 c05 bsd|login news c05|c05|signup|content-inner||