XBOX ONE - TRANSFORMERS RISE OF THE DARK SPARK

Ref: 047875870147

R$8,00

Transformers: Rise of the Dark Spark traz o terceiro jogo dos robôs que se transformam nessa geração de  videogames, misturando dois universos em uma nova aventura. Trata-se de um jogo de ação sólido, assim como os outros da série, porém com uma história fraca e uma parte técnica sem qualquer polimento. 

Transformers: Rise of the Dark Spark traz dois universos e pouca coerência (Foto: push-start.co.uk)
Transformers: Rise of the Dark Spark traz dois universos e pouca coerência (Foto: Divulgação)

Centelha de incoerência

A história foca-se na Dark Spark, uma centelha sombria que seria uma espécie de oposto à Matriz da Liderança dos Autobots. Com o poder de criar fendas entre universos, a Dark Spark visita duas versões dos Transformers. De um lado, a versão dos videogames War for Cybertron e Fall of Cybertron, que são mais próximas dos desenhos e dos quadrinhos, e do outro a versão dos filmes para cinema, que são releituras com maior liberdade.

Essa transição no entanto não é feita de maneira interessante, mas sim incoerente. Em alguns momentos você jogará com os Autobots e Decepticons dos videogames em Cybertron e em outros com os Autobots dos filmes na Terra, simplesmente jogando o artefato de uma dimensão para outra em um jogo intergalático de batata quente.

O vilão nem mesmo é o tradicional Megatron, mas sim o mercenário Lockdown, que consegue obter o artefato e enrolar os Autobots durante toda a história. O jogo parece um pouco incompleto, como se tivesse sido apressado para ser lançado, já que a história é bastante incoerente. Outro ponto que reforça isso é que apenas jogamos com os Decepticons na primeira metade da história e depois eles são completamente esquecidos.

Optimus Prime em sua versão dos videogames, mais próxima da versão clássica (Foto: gameinformer.com)
Optimus Prime em sua versão dos videogames, mais próxima da versão clássica (Foto: Divulgação)

Campanha e multiplayer incompletos

A campanha single player se apresenta em 14 capítulos, cada qual com alguns Transformers diferentes para se controlar. Ela é relativamente curta e não possui muitos extras que incentivem ao usuário jogá-la mais de uma vez. Quando combinada às falhas já apresentadas da história, a campanha sofre bastante.

Além dela há ainda um modo multiplayer online (não presente na versão Wii U), porém ele também parece incompleto. Quando os trailers anunciaram o retorno do modo Escalation, a impressão é que ele seria um dos modos do multiplayer online. No entanto, esse é o único modo multiplayer do jogo. Não há combates entre jogadores, nem partidas entre times, captura de bandeira ou qualquer outro modo que se esperaria.

O modo Escalation consiste em um divertido modo cooperativo onde até 4 amigos online precisam equipar e defender uma base contra hordas de inimigos. Este modo possui muito mais personagens que a campanha e nos faz desejar que eles tivessem também algum uso para a porção single player do jogo.

Tiro, transformação e bomba

Assim como Transformers: War for Cybertron e Transformers: Fall of Cybertron, Rise of the Dark Spark traz uma jogabilidade sólida e bastante razoável. Ao mesmo tempo em que você terá que procurar abrigo no cenário e eliminar seus inimigos com tiros como na maioria dos jogos, a mecânica Transformer adiciona um diferencial de poder virar um veículo a qualquer momento, mudando a dinâmica do combate.

Há um grande arsenal de armas, leves e pesadas, porém há pouco senso de evolução entre elas. As armas claramente foram pensadas para um modo multiplayer, pois todas apresentam vantagens e desvantagens claras entre si. Algo que traria equilíbrio para um modo multiplayer, na campanha acaba deixando uma sensação de falta de crescimento, pois você nunca sente que pegou uma arma melhor, apenas diferente.

Dá para sentir a falta de um botão para se proteger atrás de objetos, no estilo da série Gears of War, pois nem sempre você conseguirá encaixar perfeitamente um robô gigante atrás de um obstáculo irregular no cenário. A melhor defensiva acaba sendo o ataque, pois tentar se proteger nem sempre dá certo, restando apenas a opção de eliminar seus inimigos rápido, antes que eles eliminem você.

Transformar-se no meio do combate pode mudar a dinâmica da batalha (Foto: vgfaq.com)
Transformar-se no meio do combate pode mudar a dinâmica da batalha (Foto: Divulgação)
 

A qualquer momento é possível mudar a dinâmica do combate se transformando em um veículo. Você pode rapidamente deslizar e atirar, se tornando um alvo mais difícil de acertar. Às vezes é até mais vantajoso lutar com inimigos em seu modo veicular do que na forma de robô.

As transformações, no entanto, estão por volta de 1 segundo mais demoradas do que deveriam. Isso é curioso, pois o timing delas era perfeito em War for Cybertron. Bastava se transformar e em 1 segundo você já estava lutando como um carro. Em Rise of the Dark Spark parece que as transformações levam 2 segundos e esse instante a mais faz com que você prefira não se transformar no calor do combate.

Menos do que os olhos podem ver

O jogo decepciona bastante no setor visual, especialmente por ser o terceiro capítulo de uma trilogia. A qualidade das texturas varia muito, porém isso não é feito de maneira discreta. Gráficos são trocados na sua frente como se fossem uma cobra trocando de pele. O mesmo acontece com a iluminação, que às vezes projeta uma sombra e outras não, dependendo da sua vontade.

Cenários em Cybertron são cansativos de olhar (Foto: gamingbolt.com)
Cenários em Cybertron são cansativos de olhar (Foto: Divulgação)
 

Nos consoles da nova geração, como Xbox One e PlayStation 4 as coisas são mais suaves, porém claramente aquém da capacidade das plataformas. O poder extra acaba sendo usado para melhorar os modelos dos robôs, que ganham muito com isso. O mesmo não pode ser dito para o cenário.

Transformers: Rise of the Dark Spark é o mais fraco capítulo da trilogia (Foto: yournewsticker.com)
Transformers: Rise of the Dark Spark é o mais fraco capítulo da trilogia (Foto: Divulgação)
 

Fonte: Techtudo

Estado: Usado
Marca: Activision
Categoria: Xbox One

Enviar comentário

voltar para Locadora

bdt b02|left fwR bsd b01s uppercase|fwR show c05n bsd b01s uppercase left||||news login bdt b02|c05|b01 c05 bsd|login news c05|c05|signup|content-inner||